Flores

  • PCP coloca problemas da Freguesia da Fajãzinha - Lajes das Flores

    fajazinha webJoão Paulo Corvelo, Deputado do PCP eleito pela ilha das Flores, questionou hoje o Governo Regional sobre a falta de sinalização rodoviária na Estrada Regional e sobre a situação de proprietários que esperam há anos pela reposição dos muros das suas propriedades, na Freguesia da Fajãzinha, no Concelho das Lajes das Flores.
    O PCP recorda que esta Freguesia foi atingida por graves derrocadas, há cerca de seis anos, que obrigaram a grandes obras em linhas de água, estradas e caminhos, bem como reparações nalgumas habitações. Este processo ainda hoje não está concluído e a Freguesia da Fajãzinha continua a deparar-se com diversas dificuldades e carências que urge resolver.

  • Carga aérea para as Flores retida mais uma vez por falta de disponibilidade da SATA

    O Deputado do PCP eleito pela ilha das Flores, João Paulo Corvelo, denunciou hoje mais um caso grave de carga com destino à ilha das Flores que se encontra retida há quatro dias, por falta de disponibilidade da SATA. Neste caso tratam-se de produtos alimentares congelados que foram entregues para transporte na passada terça-feira e que ainda não chegaram, o que provoca graves prejuízos a uma empresa florentina. O PCP considera que a SATA tem de assumir as suas responsabilidades e compensar estes danos sofridos por causa da sua incapacidade.
    Este tipo de situações tem-se repetido com grande frequência, prejudicando seriamente a ilha das Flores e demonstrando que a gestão da transportadora aérea regional não tem como prioridade servir os açorianos de todas as ilhas.

  • PCP questiona centros móveis de inspecção automóvel

    JPCorvelo_jan2017_webO Deputado do PCP eleito pela ilha das Flores, João Paulo Corvelo, questionou hoje o Governo Regional sobre o funcionamento dos centros móveis de inspecção automóvel, que são os únicos a que os habitantes das ilhas de menor dimensão podem aceder.
    No entanto, como acontece por exemplo na ilha das Flores, os períodos de funcionamento destes centros estão limitados a apenas alguns dias por ano e os seus horários de funcionamento colidem directamente com o horário de trabalho de grande parte dos cidadãos que, desta forma, são obrigados a utilizar um dia de férias para poderem inspeccionar as suas viaturas.
    Para o PCP esta é uma discriminação inaceitável das ilhas de menor dimensão, cujos habitantes, também nesta área, não têm os mesmos direitos e facilidades que os açorianos de outras ilhas.
    O Governo Regional é directamente responsável por esta situação, uma vez que o período de funcionamento dos centros de inspecção móveis são determinados por despacho do Director Regional competente em matéria de transportes terrestres.
    Assim, o PCP quer saber se o Governo considera os actuais períodos e horários de funcionamento dos  centros de inspecção móveis de veículos como adequados e suficientes para as necessidades da população das ilhas onde operam e se está disponível para os alargar.
  • PCP quer extensão da fibra óptica a toda a ilha das Flores

    Flores_webJoão Paulo Corvelo, Deputado do PCP eleito pela ilha das Flores, questionou hoje o Governo Regional sobre o facto da maior parte das Freguesias e localidades da ilha das Flores não terem acesso a acesso a redes fixas de telecomunicações de alta velocidade e denunciou a existência de localidades que não têm sequer acesso a rede móvel de alta velocidade, estando limitado a velocidades de acesso à internet anteriores à instalação do cabo de fibra óptica.
    O PCP recorda que os cidadãos da ilha das Flores tiveram de esperar longos anos para poderem ter acesso a estas redes em condições de igualdade com os restantes açorianos, com a instalação do cabo de fibra óptica, que prometia trazer finalmente a todos os florentinos, serviços de comunicações móveis e fixas, televisão e acesso à internet com débito e qualidade. No entanto, a maior parte dos benefícios da construção desta infraestrutura fundamental ficaram circunscritos à vila de Santa Cruz das Flores e apenas a algumas Freguesias, deixando de fora grande parte dos florentinos.
  • Falta material para a construção civil nas Flores

    JpCorvelo15Fev2017 2 webO deputado do PCP João Paulo Corvelo denunciou no Parlamento Regional a falta de areia para a construção civil nas Flores. Esta situação está a levar ao esgotamento das reservas na ilha, sendo necessário que o Governo Regional encontre uma solução.

     

  • Falta junta médica nas Flores desde 2016

    JPCorvelo 17Jan 3 webDesde o início de 2016 que as Flores não têm Junta Médica, que ateste a incapacidade para o trabalho, apesar do prazo legal para a constituição da junta seria de 60 dias. Como resultado, os trabalhadores são forçados a trabalhar, mesmo que possam não ter condições para tal!

    Assumindo que a culpa da situação é da Adminsitração Regional, e não dos trabalhadores, o deputado comunista, João Paulo Corvelo, exigiu que o Governo Regional nomeasse a Junta Médica e que ressarcisse os cidadãos prejudicados.

Últimos Vídeos

Siga-nos no Facebook

Jornal «Avante!»

Boletim Informativo do PEV