Verão

jose_decq_motta.jpgSendo certo que o tempo continua e inseguro, é também certo que estamos a entrar no Verão deste ano de 2005.

O Porto da Horta está superlotado de embarcações de recreio vindas da Europa e das Américas; o número de visitantes tem aumentado em diversas ilhas; o Governo anunciou recentemente investimentos portuários em Ponta Delgada de enorme dimensão; o Tribunal Administrativo deu provimento a uma providência cautelar que foi interposta por um dos concorrentes ao projecto das SCUT de São Miguel; a Ilha Terceira prepara afanosamente as suas festas de Verão; o Governo Regional faz por fingir que as consequências da política neoliberal de José Sócrates não vão chegar à Região; o projecto de tratado constitucional europeu, apenas fruto do pensamento de elites, está condenado a não ser tratado. Podemos dizer, numa palavra que estamos a entrar num Verão cheio de acontecimentos contraditórios, mas todos importantes. Espero bem que este Verão de 2005 constitua um período de clarificação dos muitos e graves problemas que temos a todos os níveis. Uma coisa porém é certa: Para que este Verão possa ser um tempo útil será preciso muita luta e muita determinação. Passado o Verão vêm as eleições autárquicas e bom será que exista nas autarquias açorianas um maior equilíbrio. Assim haverá concerteza uma maior participação das populações. Se assim for ficaremos todos a ganhar. Bom Verão

José Decq Mota em “Crónicas de Aquém” no Açoriano Oriental em 09/06/05

Últimos Vídeos

Siga-nos no Facebook

Jornal «Avante!»

Boletim Informativo do PEV