A propósito de um homem ímpar

anibal_pires.jpgQualquer referência a Álvaro Cunhal só pode ser de grande admiração e profundo respeito – admiração pelo seu génio literário e artístico mas também pelo seu despojamento material, respeito pela sua entrega, sem tréguas, às lutas dos trabalhadores, do povo português e do internacionalismo.

Álvaro Cunhal é uma figura incontornável do século XX português e uma referência internacional no seio dos movimentos sociais e políticos que não se acomodam à formatação do pensamento único e da globalização. A sua vida constitui um exemplo de tenacidade e firmeza na luta pela revolução democrática em Portugal, mas também na oposição aos movimentos contra revolucionários, internos e externos, que após o 25 de Abril eclodiram no nosso país. Catapultar os trabalhadores para sujeitos de um processo político e histórico conferindo-lhes toda a dimensão humana foi a sua luta e a sua vida. Por estas e muita outras razões lhe presto a minha homenagem neste momento de pesar e consternação, por estas e muitas outras razões considero que a memória de Álvaro Cunhal só pode ser recordada e homenageada com a continuação da luta a que entregou toda a sua vida. A determinação e a convicção de Álvaro Cunhal servirá de exemplo a quem, como eu, como muitos, luta por um ideal em que as pessoas são o centro do desenvolvimento e que só cultura torna o Homem verdadeiramente livre. Um Mundo melhor é possível. E porque acreditamos que sim, que um Mundo melhor é possível, continuaremos a lutar por esse ideal. Até sempre camarada.

Aníbal C. Pires no “Jornal dos Açores”. em 14/06/05

Últimos Vídeos

Siga-nos no Facebook

Jornal «Avante!»

Boletim Informativo do PEV